Pular para o conteúdo

Economia Colaborativa e seus benefícios para a sociedade numa Era criativa, necessitada e consciente

 

E o que significa? Nada mais do que um capitalismo consciente que tem transformado a economia mundial. É a concretização de uma nova percepção do mundo

A Barbearia Cavaleiro, localizada em Campos e em Macaé é um ótimo exemplo disso. Além de barbearia, vira ponto de encontro de homens seja para tomar uma cervejinha, para jogar um bilhar ou um videogame, além claro, do que somente cortar o cabelo e fazer a barba. A Mescla está entrando com uma nova coleção especial masculina para os amantes de barba, em sua nova lojinha de roupas.Image-1 (1)

Diante de problemas ambientais e sociais, cada vez mais o acúmulo é substituído por compartilhamento. Assim, empresas que facilitam o compartilhamento e troca de serviços e objetos têm crescente sucesso. Hoje em dia não há limites para tais compartilhamentos.

Este sistema não é novo. Antigamente era natural no meio rural, mas agora com o crescimento industrial acelerado, o aumento da população e a sociedade entrando em ciclo frenético de consumo fazem com que a deterioração do planeta aconteça mais rápido do que imaginável, tendo muitos efeitos irreversíveis. Considerando os limites de reposição de recursos naturais do planeta, é evidente que há de se buscar formas mais sustentáveis de se fazer negócios, não somente reduzindo o consumo que leva à exploração desses recursos naturais, como repensar a forma de produzir e descartar. Este tipo de negócios compartilhados gera economia pra quem usa e renda pra quem fornece.

Esta cada dia mais claro que os modelos tradicionais de se fazer negócios têm seus dias contados. É preciso inovar para garantir a sobrevivência, que depende de sua capacidade de adaptação. O excesso desenfreado busca uma desaceleração urgente.

Um dos principais objetivos desta economia é melhorar a qualidade de vida das pessoas e da economia local buscando um impacto positivo na sociedade. Além de economizar dinheiro, reduz o uso de recursos naturais (que já são escassos) e aperfeiçoa produtos e serviços existentes.

Já existem vários tipos de empresas nesta modalidade atuando em praticamente todas as áreas e setores. Todo mundo pode ser fornecedor e consumidor ao mesmo tempo. O compartilhamento é realizado desde as coisas mais simples, como troca de ferramentas entre vizinhos, hospedagem e cuidadores de cachorros, à troca de carros e escritórios compartilhados. A tecnologia ajuda muito a dar este impulso por meio de novas Startups com seus apps mostrando os serviços e produtos que se dispõem, e mídias sociais onde se compartilha as notícias destas novidades.

Dar uma chance ao compartilhamento pode ser uma grande e maravilhosa oportunidade de ganhar dinheiro, conhecer pessoas novas e ter uma troca de experiências e contatos incríveis.

Os valores estão mudando, temos que acompanhar e estar sempre com a cabeça aberta às estas oportunidades.

A Mescla participa de colaboração também, com seu espaço compartilhado com a Malha, em São Cristóvão, no Rio de Janeiro, como mostrado no programa de televisão da Rede Globo Mais Você. Confira no vídeo abaixo:

https://globoplay.globo.com/v/6647117/

 

Collaborative Economy and its benefits for society in a creative, needy and conscious Era

And what does it mean? Nothing more than a conscious capitalism that has transformed the world economy. It is the realization of a new perception of the world.
The Cavaleiros Barber’s shop, located in Campos and Macaé (Rio de Janeiro, Brazil), is a great example of this. In addition to a barber shop, it is a meeting place for men to drink a beer, to play a billiard or a video game, besides of course, just cut the hair and shave.

Mescla is coming up with a new special men’s collection for beardies in their new clothing store.

Faced with environmental and social problems, more and more accumulation is replaced by sharing. Thus, companies that facilitate the sharing and exchange of services and objects are increasingly successful. Nowadays there are no limits to such shares.

This system is not new. Formerly natural in the countryside, but now with accelerated industrial growth, rising population and society entering a frenzied cycle of consumption make the deterioration of the planet happen faster than imaginable and have many irreversible effects. Considering the limits of replenishment of natural resources of the planet, it is evident that one must look for more sustainable forms of doing business, not only reducing the consumption that leads to the exploration of these natural resources, as rethinking the way of producing and discarding. This type of shared business generates savings for those who use and income for whom it provides.
It is becoming clearer that the traditional models of doing business have their days counted. You need to innovate to ensure survival, which depends on your ability to adapt. The unbridled excess seeks an urgent slowdown.

One of the main objectives of this economy is to improve the quality of life of people and the local economy seeking a positive impact on society. In addition to saving money, it reduces the use of (already scarce) natural resources and enhances existing products and services.
There are already several types of companies in this modality acting in virtually all areas and sectors. Everyone can be both supplier and consumer at the same time. Sharing is done from the simplest things, such as exchanging tools between neighbors, lodging and dog carers, sharing cars and shared offices. The technology helps a lot to give this impetus through new Startups with their apps showing the services and products that are available, and social media where the news of these novelties is shared.
Taking a chance on sharing can be a great and wonderful opportunity to make money, meet new people and have an exchange of experiences and incredible contacts.

Mescla also collaborates with its shared space with the company Malha in São Cristóvão, Rio de Janeiro, as shown in the television program Rede Globo Mais Você. Check it out in the video below:

 

Mais Você Rede Globo

Fontes:

Sebrae Economia Colaborativa

Sebrae

Hypeness

Sobre

Assim como no Rio de Janeiro, o contraste entre o urbano e a natureza está presente em nós

General Bruce
São Cristóvão, Rio de Janeiro

+55 21 97537 2321 (temporariamente indisponível)
contato@emescla.com.br